Google Helpful Content, SEO é sobre pessoas, não bots

Google Helpful Content

A Pesquisa Google está sempre trabalhando para conectar melhor as pessoas a informações úteis. No segundo semestre de 2022 o Google lançou novas diretrizes para criativos e proprietários de sites, blogs: atualização Google Helpful Content, que tem o objetivo de fazer com que os criadores se esforcem mais para desenvolver um bom conteúdo. 

A atualização está sendo comparada à atualizações de algoritmo anteriores do Google, como o Panda e o Pinguim, que fizeram os especialistas em SEO mudarem a maneira como planejam suas estratégias. 

Embora pareça excelente na teoria, o que de fato muda na prática para profissionais, agências de marketing, clientes e SEO? Como o Google explana, os criadores de conteúdo devem focar primeiro nas pessoas e não desenvolver conteúdo para os mecanismos de busca, bots. Vamos mergulhar neste tema, boa leitura.

Pessoas em primeiro lugar

O Google está priorizando o conteúdo escrito por pessoas e para pessoas, em vez de apenas publicar para mecanismos de busca. O Google Helpful Content também ignora conteúdos não originais, que apenas resumem o que está sendo falado por outros, sem agregar valor ou algo novo. 

Dessa forma, para criar um conteúdo mais relevante para seus leitores, o Google recomenda que os produtores de conteúdo se perguntem:

  • Você possui um público existente ou pretendido para sua empresa ou site que acharia o conteúdo útil se viesse diretamente de você?
  • Seu conteúdo demonstra experiência em primeira mão e um profundo conhecimento?
  • Seu site tem um objetivo principal?
  • Após ler seu conteúdo, alguém sairá sentindo que aprendeu sobre um tópico para atingir seu objetivo?
  • Quem lê seu conteúdo vai sair com a sensação de ter tido uma boa experiência?
  • Você tem em mente nossas orientações (Google) para atualizações principais e análises de produtos?

Não é a primeira vez que o Google lança uma atualização focada em conteúdo:

Imagem Fonte Yoast

O SEO é uma atividade fundamental quando aplicado a conteúdo que priorizam pessoas. O conteúdo criado principalmente para o tráfego de mecanismos de pesquisa está correlacionado com conteúdo que os usuários muitas vezes consideram insatisfatório.

Segundo o Google, “essa atualização traz um novo indicador para todo o site, blog, que consideramos entre muitos outros sinais para classificar páginas da Web. Nossos sistemas identificam automaticamente conteúdo que parece ter pouco ou nenhum valor agregado ou que não é muito útil para quem faz pesquisas.”

Qualquer conteúdo, e não apenas irrelevante, que estiver sites, blogs, onde existe uma quantidade alta de conteúdo pouco útil, em geral tem menor probabilidade de ter um bom desempenho na Pesquisa, supondo que haja outro conteúdo na internet que seja melhor para apresentar.

Em teoria, todos os conteúdos em  sites, blogs, devem sempre ser escritos para seus usuários. Então, quem tem isso em mente, antes mesmo do Google Helpful Content, está no lugar ideal.

O que muda para minha empresa?

Adaptar-se às mudanças do Google traz melhores resultados sua empresa. Quando uma empresa mantém seus conteúdos atualizado, de acordo com as diretrizes do Google, posta regularmente e recebe avaliações rotineiramente, ela pode ser impulsionada para o topo da classificação em sua categoria de negócios. 

Uma “velha” prática de SEO era publicar grandes volumes de conteúdo para classificar apenas alguns. Se sua empresa ainda confia nesse caminho, provavelmente terá problemas. Se a maioria do seu conteúdo é de baixa qualidade e feito apenas para ferramentas de busca, você tem uma alta probabilidade de perder algumas posições preciosas na SERP (Search Engine Results Page).

Como planejar conteúdos a partir de agora?

Qualquer estratégia de Marketing necessita de uma análise profunda do seu público-alvo. Pesquisar sobre personas é uma tarefa comum em nosso fluxo de trabalho. O Google Helpful Content é muito útil se tivermos clareza da nossa buyer persona. 

Não confie demais na Inteligência Artificial. Ao criar um conteúdo, tente ferramentas, como dados reais, seus concorrentes ou escuta social. Sua empresa também pode usar ferramentas, como Answer The Public ou os recursos SERP que apresentam as consultas e necessidades comuns sobre qualquer tema.  

O Google está priorizando o conteúdo que está claramente escrito em primeira mão. Seus leitores também priorizam isso.

Coloque exemplos reais, casos, dados, estudos, sua opinião e sua expertise. Concentre-se em publicar conteúdo que melhor satisfaça e traga respostas e insights importantes para seu leitor. Antes de procurar as posições de palavras-chave que você gostaria de alcançar na SERP, faça a seguinte pergunta: como posso agregar valor a este tema?

Durante décadas, as práticas de SEO foram fortemente influenciadas por um foco em enganar bots, criando truques e fórmulas complexas para o sucesso. Antes de 2011, tudo isso era possível porque o Google ainda estava se aperfeiçoando.

Ignore o Google, satisfaça o seu público-alvo

O Google está forçando todos nós a nos afastarmos dos detalhes técnicos das atualizações de algoritmos e nos concentrarmos nas necessidades detalhadas de pessoas reais.

Toda vez que desenvolvemos um conteúdo, não vamos esquecer que há outra pessoa nos lendo. A Google Helpful Content tem como objetivo nos lembrar do nosso principal foco: ajudar nosso público-alvo através de nossos conteúdos. 

Como a Malva pode ajudar sua empresa com a mudança no Google?

Ao criar conteúdo relevante e multimídia, áudio, vídeo e texto, sua empresa incentiva a audiência a investir mais tempo em seu site.

A Malva, agência de Marketing Digital, especialista em inbound marketing e growth, pode desenvolver conteúdos para sua empresa estrategicamente, para direcionar clientes em potencial, leads, tanto ao seu site quanto diretamente ao local do seu negócio.

Além disso, a Malva ajudará a manter o perfil da sua empresa atualizado para que sua classificação melhore constantemente.

Se sua empresa está  interessada em entender mais sobre marketing digital para expandir negócios, entre em contato conosco.

Se você curtiu o rápido conteúdo, veja também: Como gerar leads qualificados em 2022